Blog

Qual a melhor idade para operar estrabismo?

 

O estrabismo é caracterizado como um distúrbio que causa o desvio do alinhamento natural dos olhos. Desse modo, os dois olhos não conseguem manter uma visão simultânea, ligada a um mesmo ponto, muitas vezes influenciando na capacidade de perceber a profundidade ou distância de um determinado objeto. 

 

O desvio do olhar pode ser uma consequência do desequilíbrio da musculatura ocular ou devido a graus elevados. É importante lembrar que, além de ser um problema estético, quando não corrigido precocemente, pode levar ao desenvolvimento incompleto da visão (ambliopia), também conhecida como "olho preguiçoso"

 

A boa notícia é que o estrabismo tem cura, e o tratamento vai variar de acordo com a causa. Em pacientes com estrabismo ocasionado pelo grau elevado, o óculos ou lente de contato pode resolver o problema. Já nos casos em que há um desequilíbrio de formaças entre os músculos oculares, a cirurgia pode ser a melhor opção. 

 

Mas, afinal, qual é a melhor idade para operar o estrabismo? Saiba mais: 

Os tipos de estrabismo 

 

Além das diferentes causas de estrabismo, como visto acima, também podemos ter diferentes tipos de desvios: 

 

  • Estrabismo convergente: ocorre quando há o desvio dos olhos para dentro (Esotropia). 
  • Estrabismo divergente: ocorre quando há o desvio dos olhos para fora (Exotropia). 
  • Hipertropia: é diagnosticado quando há desvio de um dos olhos para cima. 
  • Hipotropia: é diagnosticado quando há desvio de um dos olhos para baixo 

Qual a melhor idade para operar o estrabismo? 

 

Um fato sobre a condição de estrabismo, é que esse problema ocular pode ser desenvolvido desde bebês até adultos. Na maioria dos casos, inicia antes dos 2 anos de vida, como um fator genético. 

 

Por isso, é importante manter a atenção ao histórico familiar desde o período de nascimento do bebê e realizar testes e exames com um oftalmologista de confiança, incluindo a fundoscopia para avaliação da retina, o exame de reflexo luminoso na córnea e a avaliação do grau ocular da criança.

 

O diagnóstico precoce, portanto, é indispensável para a prevenção. No caso do Estrabismo Congênito, por exemplo, o ideal é que a cirurgia seja realizada antes dos 2 anos de idade para evitar a ambliopia

 

Quando essa descoberta ocorre apenas na fase adulta, também é possível realizar a cirurgia, sem faixa etária limite. Nesses casos, o efeito estético é atingido, no entanto, muitas vezes a baixa de visão existente pode não melhorar.

 

Sendo assim, pode-se concluir que a cirurgia deve ser realizada o quanto antes, principalmente quando o desvio ocular apresenta risco de atrapalhar o desenvolvimento da visão. Nos casos de estrabismo secundário ao grau, apenas a prescrição de óculos é necessária.

Onde operar o estrabismo? 

 

O Centro Oftalmológico Cittá (COC), é uma rede de grande credibilidade e referência para a saúde ocular no Rio de Janeiro (RJ). Além de uma estrutura completa, o centro compreende profissionais capacitados para realizar os exames preventivos e operar o estrabismo com êxito.   

 

Confie a saúde dos seus olhos a uma equipe qualificada, agende já a sua avaliação na COC.



voltar