Blog

Isolamento Social aumenta número de crianças com miopia!


A miopia em crianças aumentou em 400% no isolamento social comparado aos anos anteriores! Segundo a pesquisa publicada na revista científica JAMA Ophthalmology, o uso contínuo de telas durante a pandemia tem sido fator crucial para o aumento dos casos de miopia nos pequenos. Neste artigo você entenderá as causas e quais são as soluções para o problema.

O que é miopia?


A miopia é o distúrbio refrativo mais comum em todo o mundo. Geralmente, está associada a fatores genéticos ou ambientais como o estresse visual excessivo, uso prolongado de telas eletrônicas, pouca exposição à luz do dia,  entre outros.  De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, a miopia acomete cerca de 30 a 40% da população ocidental e tende a afetar membros da mesma família.

A miopia ocorre quando o olho é um pouco mais comprido ou quando a córnea é mais curva. Essas características são responsáveis por prejudicar a formação da imagem na parte de trás do olho (retina) que resulta na visão borrada. 

 

Por que a miopia em crianças aumentou no isolamento social?

O uso frequente de tablets, celulares e computadores são os principais vilões para a visão da criança. O isolamento social privou a maioria dos pequenos de brincarem ao livre e ter contato com a luz natural do dia. Além disso, o ensino remoto forçou as crianças a ficarem horas olhando fixamente para a tela do computador.

Quando o pequeno passa horas em frente às telas, ele acaba forçando a visão (acomodação)  e deixando de estimular a estrutura ocular para uma boa visão à distância. Consequentemente, o crescimento vertical nos casos de miopia entre crianças cresce expressivamente.  

Qual o tratamento para miopia em crianças?

A avaliação oftalmológica é a opção mais indicada! Assim como qualquer outro distúrbio ocular, a miopia em crianças deve ser tratada por um oftalmologista profissional. É dever do pai e da mãe notar qualquer tipo de sintoma relacionado a baixa visão da criança. Porém, recomendamos que mesmo sem apresentar sintomas, leve a criança para uma visita ao oftalmologista pelo menos uma vez ao ano. Em alguns casos prescreve-se colírios ou lentes de contato especiais para tentar reduzir a progressão da miopia.


Existe prevenção para a miopia em crianças?


Limitar o tempo de celular e tablet! Essa ação, somada ao estímulo de atividades ao ar livre é essencial para que a visão da criança se desenvolva de forma adequada. O recomendado é que os pais limitem o uso de eletrônicos que forçam a visão para perto como celulares, tablets e computadores por no máximo duas horas por dia. Em países da Ásia, onde a miopia é uma epidemia há décadas, observou-se que as crianças precisam de mais tempo ao ar livre expostas à luz do dia (com proteção solar, claro!) e até na escola tem se aumentado o tempo fora da sala de aula. Muitas atividades e aulas são feitas em ambientes abertos para promover melhor saúde ocular para as crianças.

A miopia pode ser prevenida! Por isso, não hesite em procurar ajuda oftalmológica para o seu filho.

 



voltar