Angiofluoresceinografia

O exame de Angiofluoresceinografia pode ter outras possíveis nomenclaturas como: Angiografia Fluoresceínica, Retinografia Fluorescente, Retinografia com Contraste, Fluoresceinografia. Portanto, se o seu oftalmologista lhe receitou um destes exames, você precisa fazer uma Angiofluoresceinografia. 

Qual a função deste exame?

A Angiofluoresceinografia tem a função de avaliar o fluxo dos vasos da retina através de fotografias do fundo do olho capturadas por máquina digital, com o auxílio de uma injeção endovenosa com corante a base de fluoresceína.

O exame permite a descoberta de lesões e outras anomalias que possam acometer diversas parte do fundo do olho, como a retina, coróide e nervo óptico.

Qual a indicação?

Este exame é indicado para o acompanhamento de pacientes com retinopatia diabética,  retinopatia hipertensiva, alterações na retina por hipertensão arterial, alterações da mácula (DMRI), coroidopatia serosa central, tumores oculares, oclusões vasculares, traumas e distrofias da retina, trombose e inflamações como uveítes e coriorretinites.

Informações:

Este exame é invasivo e de não contato. Para a realização da Angiofluoresceinografia é necessário a aplicação de uma injeção endovenosa de contraste de fluoresceína. Realizado com dilatação pupilar. Alguns sintomas podem ocorrer de forma branda durante o exame, sendo eles, náuseas, tontura ou coceira nos olhos. 

Orientações:

Obrigatória à presença de acompanhante, pois será realizada dilatação da pupila e infusão de contraste.

Não é necessário estar de jejum, antes do exame pode ser feita uma alimentação leve.

Necessário suspender o uso de lentes de contato no dia do exame.

Duração:

Aproximadamente 20 minutos, além do tempo de espera para dilatação.

Agendar exame